• Admin

Não abra uma clinica odontológica sem ler esse artigo


Como abrir uma clinica de odontologia
Como abrir uma clinica de odontologia

Muitos profissionais de odontologia procuram a consultoria da Senior para abertura de uma clinica ou consultório odontológico.


As dúvidas mais comuns se repetem diariamente, e por isso, resolvemos escrever esse artigo bem objetivo com alguns passos que são fundamentais para abrir uma clinica ou consultório odontológico e maximizar suas chances de sucesso.



Como abrir uma clinica odontológica?


Bem, para abrir uma clinica odontológica de sucesso você precisa seguir alguns passos desde o momento inicial. Vamos ver cada um deles logo abaixo:


01 - Qual a oportunidade de negócios?


Muitos dentistas e mesmo empresários que desejam investir no ramo da odontologia partem para abertura da clinica baseados em fatores equivocados.


Eles muitas vezes tem um imóvel da família em boa localização e acreditam que devem aproveitar a oportunidade e abrir ali sua primeira unidade.


Outros ainda, acreditam que por existirem poucos concorrentes nas imediações do seu ponto de interesse seria uma boa ideia abrir uma clinica odontológica em determinado local.


veja, o ponto primordial para abrir uma clinica em determinado local não é a disponibilidade de um ponto comercial, ou apenas o desejo de oferecer um tipo específico de serviço a certa comunidade.


É preciso que exista uma oportunidade de negócios, ou seja, algum fator que não está sendo atendido pela concorrência ou que está sendo mal atendida pela concorrência.


Abrir mais uma clinica de ortodontia em um local que já tem 10, 20 ou mais ortodontistas sem um diferencial competitivo claro é pedir para falir rapidamente.


Uma coisa é oferecer um serviço ou tratamento como implantes ou harmonização facial. Outra coisa é oferecer esses mesmos serviços de forma que seus concorrentes não fazem em alguma dimensão específica. Essa dimensão pode ser:


  • Atendimento

  • Horário

  • Condições de pagamento

  • Tecnologia

  • Marketing


Entenda, as pessoas não buscam o melhor dentista. Elas buscam quem resolva o seu problema bucal da melhor forma possível (preço, prazo, condições de pagamento, comodidade, etc.).


E ntão, ponto número 01 para quem quer abrir uma clinica odontológica. Entenda as necessidades não ou mal atendidas na região pelos concorrentes que já estão lá.



02 - Busca do ponto comercial


Clinica de rua, ou imóvel em prédio comercial? Segurança de uma edifício comercial com portaria 24 horas ou um imóvel de rua com grande visibilidade? Vale a pena economizar no aluguel estabelecendo a clinica em uma rua periférica com menor visibilidade, porém com aluguel mais barato?


A escolha do ponto comercial dá assunto para um livro inteiro. Mas, vamos tentar resumir aqui alguns fatores principais em relação à escolha do ponto comercial:


  • Escolha primeiro o público que quer atender e só depois busque o ponto comercial. Se você, por exemplo, busca vender tratamentos de alto ticket (protocolos de implantes, lentes de contato dental, etc.) e busca um bairro de Classe C/D para instalar sua clinica vai ter problemas.


  • Depois de escolher o público, busque por imóveis que atendam as necessidades do público. São pessoas que se deslocam até o local de veículo próprio ou utilizam transporte público?


  • O imóvel deve ser de rua se você é novo no mercado e não tem carteira de clientes formados. Simplesmente porque o fluxo de pedestres e veículos na porta da sua clínica vai fazer com que as pessoas comecem a associar odontologia ao nome da sua clinica e quando precisarem de um serviço odontológico vão lembrar de você.


  • Se sua clinica já tem um bom nome e está apenas mudando de local o imóvel pode estar em um edifício comercial. Mas, nesse caso você precisará investir em publicidade da clinica (site, redes sociais, anúncios no Google, revistas, jornais e dependendo do porte, até mesmo mídias mais caras como outdoor e televisão).


  • Se tiver que escolher entre um imóvel em uma rua da alto fluxo que tenha um custo mensal de até 30% superior a outro com iguais características em uma rua secundária e menos movimentada, opte sempre pelo primeiro.


  • Verifique com a prefeitura todas as regras locais para instalação da clinica na região. Veja aspectos sanitários, mas também se a rua fica interditada algum dia da semana, seja porque existe uma feira local, algum evento específico, obras, etc.


  • Ainda, junto a prefeitura verifique se existem pendências com o imóvel, sejam tributárias ou se o zoneamento urbano permite ou não a montagem do negócio no local.


  • Visite ponto comercial de segunda a domingo em horários diferentes (manhã, tarde e noite) e valide qual o fluxo de pessoas, o movimento do comércio local, quais as características das pessoas que frequentam o local,etc.


  • Avalie o fluxo de trânsito em especial se seu imóvel for de rua. Se as pessoas saem do bairro pela manhã em direção ao trabalho pelo lado direito da avenida e sua clinica fica do lado esquerdo pode ser um problema, especialmente onde não existe disponibilidade de estacionamento fácil.



  • Evite escolher um imóvel com qualquer tipo de mobiliário urbano na sua frente, como bancas de jornais, arvores, postes de energia elétrica, etc.


  • Se sua clinica tem uma fachada, veja com a prefeitura qual a área pode ser aproveitada para fazer divulgação.


Esses são apenas alguns aspectos para a escolha do ponto comercial ideal para usa clinica odontológica. Observe caso a caso, lembrando que esses fatores variam de acordo com a cidade, região ou bairro onde sua clinica vai ser instalada.



03 - Capital de Giro


A grande maioria dos dentistas erra feio no momento de abrir uma clinica. Eles pensam em ter os melhores equipamentos odontológicos, investem em imóveis e na decoração e projeto.


Tudo bem se houver dinheiro sobrando para tudo isso, mas somente se você tiver bem calculado uma reserva financeira para capital de giro.

Não vamos explicar aqui como calcular o capital de giro da sua clinica, mas é fundamental saber qual a necessidade de dinheiro para cobrir custos fixos e variáveis de uma clinica durante quantos dias até você receber o suficiente de seus futuros pacientes.


Depois de mais de 20 anos dando consultoria de gestão e marketing para dentistas podemos afirmar que 80% das empresas do ramo morrem nos dois primeiros anos não por falta de clientes / pacientes, mas pelo cálculo inadequado da sua necessidade de capital de giro mensal.


Se você está pensando em investir em abrir uma clinica, ligue o alerta vermelho para a sua necessidade de capital de giro.


E vamos adiantado, não se calcula necessidade de capital de giro somando suas despesas fixas mensais e multiplicando por alguns meses (3, 6, 12). Não é assim que se calcula. Busque ajuda de uma consultoria especializada em odontologia para te ajudar a chegar a esse número.



04 - Marketing odontológico


Podemos falar ou escrever por horas sobre o tema marketing na odontologia, mas como queremos resumir o assunto e sermos objetivos, use uma regra de ouro que não se ensina na universidade:


Aplique de 5% a 10% do seu faturamento bruto previsto ao final do primeiro ano em ações de marketing.


Um exemplo claro: Se ao final de décimo-segundo mês após a abertura da sua clinica você pretende estar faturando 100k bruto, então deve investir e reinvestir entre 5k a 10k mensais em marketing. Isso envolve os valores cobrados por uma agência de marketing para dentistas e valores a serem investidos em mídia, qualquer mídia, como rádio, jornal, Google, Instagram, etc.


Qualquer coisa fora disso é papo furado e dizer que para fazer marketing odontológico hoje em dia não é preciso gastar dinheiro beira a criminalidade.



05 - Tenha um Business Plan


O plano de negócios serve para uma clinica ou empresa como uma bússola. Nele vamos estar detalhados todos os pontos relacionados desde a concepção da ideia da sua nova clinica até os 36 meses (no mínimo) após sua abertura.


Um plano de negócios custa entre R$ 10.000,00 a R$ 15.000,00, muito pouco para quem está pensando em investir R$ 200.000,00 ou mais na montagem de uma clinica odontológica.


O plano tem entre outras seções:


  • Identificar a oportunidade de negócios

  • Detalhar os produtos e serviços a serem oferecidos

  • Criar um ou mais diferenciais competitivos

  • Analisar a concorrência

  • Estimar gastos e investimentos como obras, aluguel, equipamentos, mobiliários, reformas, etc.

  • Determinar a melhor carteira de serviços a serem oferecidos para o público da sua região.

  • Buscar fontes de financiamento para viabilizar os tratamentos de ticket médio mais alto dos seus pacientes.

  • Fazer um demonstrativo projetado de fluxo de caixa (despesas x receitas) para os próximos 36 meses após a abertura da clinica, determinando despesas e custos mensais, previsão de receitas, ponto de equilíbrio financeiro, tempo de retorno do investimento, etc.


Ou seja, o business plan é o mapa da mina. É muito mais barato ($ 10.000,00) errar em um business plan do que fazer a abertura de uma clinica ($ 200.000,00 ou mais sem ele.


Conclusão


A Senior Consultoria em Gestão e Marketing já ajudou profissionais e empresários do ramo de saúde a abrir mais de 200 clínicas em todo o Brasil.


Se você quer melhorar suas chances de ter uma clinica de sucesso, entre em contato e converse com quem entende e tem prática no assunto.


Senior Consultoria

Assessoria abertura de clínicas odontológicas

(11) 3254-7451

atendimento@seniormarketing.com.br



0 comentário