• Admin

5 boas práticas de gestão para clinicas odontológicas

Boas práticas de gestão para clinicas odontológicas
Boas práticas de gestão para clinicas odontológicas

Toda clinica odontológica é uma empresa, mas nem toda clinica odontológica é gerenciada como uma empresa.


E quando nos referimos ao fato de uma clinica ser uma empresa, não estamos atrelando essa afirmação ao fato da clinica operar debaixo de um CNPJ.


Ainda que sua clinica seja uma pessoa física, e necessário que ela seja pensada como uma empresa.


Nesse artigo vamos explicar 5 boas práticas de gestão para clinicas odontológicas.



Por que investir em gestão da minha clinica odontológica?


A resposta é bem simples e direta: Clinicas que são gerenciadas como uma empresa costumam ter maiores índices de satisfação dos seus pacientes, maior lucratividade e rentabilidade, além de reduzirem os desperdícios.


Agora que você entendeu porque é fundamental investir na gestão da sua clinica odontológica, veja como fazer!


01 - Tenha um modelo de negócios


Modelo de negócios é um formato que você adota na sua clínica com dois objetivos básicos:


A - Atrair, converter e fidelizar pacientes com um ótimo nível de serviços

B - Recuperar o seu investimento, aumentar a rentabilidade e gerar lucro para os investidores.


Existem diversos modelos de negócios para clinicas odontológicas. Podemos citgar como exemplos:


  • Clínica de especialidade única, como, por exemplo, clinicas focadas em ortodontia;

  • Clinicas de multiespecialidades oferecendo um amplo conjunto de procedimentos na clinica;

  • Clínica populares localizadas geralmente na periferia de grandes cidades;

  • Rede de clinicas de bandeira própria;

  • Rede de clinicas de franquias;

  • Etc.


O que importa saber aqui é que você precisa implementar um modelo de negócios para incorporar as práticas de gestão a seguir.



02 - Defina seu público-alvo


Quem tenta atrair e agradar todo mundo erra no principio fundamental da gestão empresarial que é a segmentação de mercado.


Veja, nem todo mundo pode ou deveria ser seu paciente. Se sua clínica é focada no público classe C com renda familiar de até R$ 5.000,00, então não adianta tentar montar uma clinica em um bairro de padrão mais elevado.


Da mesma forma, cada público-alvo espera por um conjunto de atributos que estão direta ou indiretamente ligados ao seu serviço, como a localização, o preço do serviço, as facilidades de acesso e formas de pagamento, entre outros fatores.



03 - Tenha uma política de preços


99,9% dos dentistas não sabem como calcular corretamente o preço dos seus serviços.


É comum observarmos uma confusão generalizada entre o que é lucro, margem de lucro, lucratividade e rentabilidade.


Poucos profissionais de saúde sabem qual a margem de contribuição de cada um dos seus tratamentos oferecidos nas suas clinicas.


Da mesma forma, a grande maioria dos dentistas precifica seus serviços com base no mercado, uma prática comum, mas equivocada, já que não leva em conta os custos fixos, variáveis, investimentos e retorno do investimento desejado.


Ter uma política de preços que cubra seus custos fixos e variáveis, que permita o reinvestimento contínuo na clínica, e ainda por cima, dê o retorno do investimento realizado pelo(s) proprietário(s) é fundamental.



04 - Recrutamento e Seleção de funcionários


Um dos processos de boa prática de gestão em clinicas odontológicas é a forma como os funcionários são selecionados e recrutados.


Indo mais além do recrutamento e seleção, é fundamental que na sua clínica exista uma descrição de cargo para cada função.


Cada funcionário que você traz para o seu time precisa ter uma clareza muito grande sobre qual o papel dele dentro da estrutura da empresa. O que eles fazem, como devem fazer, como serão avaliados, como o trabalho deles contribui para os resultados da clinica, etc.


Aquela famosa forma de contratar entre os dentistas por indicação da "vizinha da tia que tem uma menina bacana precisando trabalhar" não funciona.


Tenha processos bem claros de recrutamento e seleção de funcionários, se necessário contrate uma empresa especializada em recrutamento e seleção de funcionários no mercado.



05 - Processos de marketing e vendas


Nada do citado acima vai funcionar se sua clinica não possui um sistema de atração de pacientes (marketing) e um processo de conversão de pacientes (vendas) bem definido, gerenciado e executado.


O mercado de odontologia está cada dia mais difícil, mais concorrido, com um nível de oferta de serviço com poucos diferenciais na visão dos pacientes.


É preciso desenvolver um plano de marketing digital para odontologia que realmente faça as pessoas reconhecerem que sua clinica tem um diferencial competitivo, que ela resolve de uma forma melhor, mais rápida ou diferenciada os problemas e dores dos seus pacientes.


Investir em marketing na odontologia já não é mais uma condição de diferenciação, é uma exigência.


Agora, se você quiser realmente converter pacientes que são atraídos pelo markeitng para se tornarem pacientes pagantes, vai precisar desenvolver seu conhecimento ou montar um departamento comercial na sua clinica, para com técnicas e argumentos de vendas convencer os leads que chegam à sua clinica em contratar o seu serviço.


Conclusão


São muitos os fatores de gestão de clinicas odontológicas que contribuem para o aumento da lucratividade e rentabilidade do negócio, além de tornar seus pacientes mais satisfeitos e fidelizados.


Nesse artigo nos falamos sobre 5 boas práticas de gestão para clinicas odontológicas.


Esperamos que possa te ajudar a repensar como estão os processos na sua clinica, identificando as fraquezas e atuando na correção dos erros.


Se precisar de ajuda de uma empresa de consultoria em gestão para odontologia, entre em contato e fale conosco.


Senior Gestão e Marketing

Gestão para odontologia

(11) 3254-7451

atendimento@seniormarketing.com.br